E daí?

Por Érika Suzuki.


"E daí?" é o título do meu conto na coletânea Contos da Quarentena.


Ninguém imaginou que uma pandemia, de proporções catastróficas, pudesse nos deixar paralisados por tanto tempo no auge de um 2020, com tanta tecnologia avançada, com tantos recursos disponíveis, com tanta evolução nos mais diversos aspectos de um mundo dito civilizado. Mas ledo engano, o mundo não está civilizado.


A pandemia assolou o globo, e nos deixou – a nós brasileiros, principalmente, - reféns de uma dupla carga viral: do coronavírus e do desgoverno. Há quase um ano, já quase sem fôlego e cada qual à própria sorte, contamos na casa dos milhares os mortos diariamente. Um sufoco que tem nos desestabilizado e roubado a conta-gotas o nosso dia a dia.


E com tantas angústias e incertezas acumuladas nestes tempos em que os males batem, literalmente, à nossa porta, o nosso querido Léo Bueno teve uma brilhante ideia. Experiente e convicto de que só a arte pode ainda atenuar estas dores de viver lançou um desafio aqui no Face. Propôs a cada amigo da rede que tivesse interesse a escrita de um conto como válvula de escape para a vida no isolamento. Topamos. Nós, vinte e uma pessoas, nem todas conhecidas de forma virtual ou presencial, de vários cantos do mundo, nos lançamos neste prazeroso exercício de criar histórias, e de quebra aliviar o caos.


E como eu, alguns autores desta coleção fomos inaugurados na deliciosa experiência de ter uma história publicada. Pode parecer pouco, mas pra quem sempre praticou o exercício do outro lado, o de ensinar a escrever e o de incentivar jovens a ler e a criar suas histórias, participar desta empreitada foi um alento.


Essa oportunidade de se dividir com vocês leitores só foi possível pela ajuda de tantos amigos que colaboraram com doações via catarse. E tudo convertido em realidade pela irreverente editora Terra Redonda (com nome mais ajustado ao seu tempo, desconheço), do amigo Sérgio Alli.


Nasceu assim o livro Contos da Quarentena. É tecido de histórias tristes a piadas da própria condição humana. Os contos versam nos mais variados estilos de vozes dadas por jornalistas, psicólogos, professores, advogados, farmacêutico, biólogo, quadrinista, fotógrafo. Tem delicadeza. Tem ficção científica. Tem terror. Tem realismo fantástico. Tem esperança. Tem vida. Temos um livro.


Convido, assim, cada um de vocês, a conhecerem nossas histórias.


Esperamos que gostem. E curiosíssima para saber o que acharam!


Para adquirir o seu exemplar, você tem duas alternativas: 1. com um dos autores ou, 2. direto no site da Terra Redonda.

4 visualizações0 comentário

Faça parte de
nosso cadastro

Terra Redonda

Rua Gregório Paes de Almeida, 184 - 05450-000 - São Paulo SP

CNPJ 34.305.442/0001-68 

contato@terraredondaeditora.com.br - Telefone (11) 3021-7021

© 2020 Terra Redonda Editora. criado com Wix.com