Homenagem a Flávio Di Giorgi no Sarau VQQ

Atualizado: Mai 26

O professor Flávio Di Giorgi foi homenageado no Sarau Vai Quem Quer, em abril.



O legado de Flávio Di Giorgi foi celebrado com música e poesia, em mais um sarau do bloco Vai Quem Quer. Flávio, professor da PUC-SP e do colégio Santa Cruz, em São Paulo, teve papel decisivo na formação de vários fundadores do bloco Vai Quem Qué.


Seu filho, Cristiano Di Giorgi, é personagem dos primórdios do bloco, como professor no curso supletivo do Colégio Santa Cruz, local em que brotou a agremiação. Nessa condição, aparece como ator em peça de clara inspiração brechtiana. em 1982. Cristiano é o segundo da esquerda para a direita na foto, publicada no livro "40 anos do glorioso Vai Quem Quer", de Pato Papaterra, da Terra Redonda Editora.


Cristiano e sua irmã Beatriz (Beati) Di Giorgi, ajudaram a organizar a homenagem ao "Flavião" e também são autores da Terra Redonda. Com mais 8 pensadores, escreveram o livro "Ensaios da quarentena - Pandemia: sonhos e ações".


Beati e Cristiano são autores, com Flavio Di Giorgi, do livro "sentimentos humanos: origens e sentidos" a ser reeditado em breve pela Terra Redonda.







58 visualizações0 comentário