Livro sobre dom Paulo revela influência atual da Opus Dei na Arquidiocese de São Paulo

Atualizado: 15 de Dez de 2020

Versão ebook já está à venda. Mas se você reservar seu exemplar impresso, seu ebook sai de graça.


Na segunda-feira (4/12), completaram-se 4 anos que dom Paulo Evaristo Arns nos deixou. Para marcar a data, o jornalista Ricardo Carvalho, biógrafo do cardeal, está lançando a 2ª edição de “O Cardeal e o Repórter”, que narra os bastidores das reportagens que ele fez com dom Paulo, de 1976 a 1982.


O ebook já está disponível no site da Terra Redonda Editora.

O livro impresso já está em gráfica e será entregue em dezembro,

Uma promoção de pré-venda do livro impresso oferece o ebook de graça na reserva de um exemplar impresso.. `Para participar dessa campanha, clique AQUI..


O “Cardeal e o Repórter”, que ganhou o Prêmio Vladimir Herzog de melhor livro de reportagem em 2010, tem dois novos capítulos. Em um deles, o autor narra os bastidores do primeiro dia dos funerais de dom Paulo, em 14 de dezembro de 2016, quando uma ordem do atual arcebispo, dom Odilo Sherer, não permitiu que o povão chegasse perto do corpo do cardeal emérito da cidade. Só depois de muita gritaria e empurra-empurra na nave central da catedral que o povo conseguiu prestar sua última homenagem ao cardeal que sempre esteve ao lado dele.

Ricardo levanta também uma questão, no mínimo, polêmica: a legitimidade da imagem do fundador da "Opus Dei", Josemaria Escrivá, estar exposta na Catedral desde 2012, por ordem de dom Odilo.


O autor também se surpreendeu com a influência que a "Opus Dei", cheia de segredos e com muita força internacional, exerce na arquidiocese do cardeal dom Odilo: “Enviei a ele algumas perguntas sobre estas questões, que foram gentilmente respondidas. Só não me convenceram”.

10 visualizações0 comentário