Reflexão e emoção no lançamento do perfil biográfico "Aloysio Biondi"

Debate sobre "Ética e Jornalismo" na noite de 08/07 tomou como referência a trajetória exemplar de Aloysio Biondi, personagem do perfil biográfico escrito por Thais Sauaya e publicado pela Terra Redonda Editora. Participaram do debate os jornalistas André Singer, Aloisio Milani, Antonio Biondi e Pedro Biondi, com mediação de Sergio Alli e suporte de Lucila Pinsard.

Confira alguns comentários feitos no chat, durante o debate:

Marcy Figueiredo: Parabéns pelo livro, pessoal! Depois mandem as infos de como fazemos para adquirir o livro.

Dal Marcondes: Gostaria de fazer um registro, trabalhei alguns anos com o Aloysio.

inês Castilho: Queria lembrar que, como editora do Shopping News sob a chefia de Biondi, era grande sua preocupação com o meio ambiente urbano. Grande amor pelas árvores, pássaros!

Paulo Donizetti: Só registrando, então, que tive o primeiro contato com o Aloysio em meados dos anos 1990, ao pedir autorização para republicar um artigo dele sobre o momento pré-privatizações do primeiro mandato de FHC. Ele concordou com muita satisfação, pois a republicação seria na Folha Bancária, jornal do Sindicato dos Bancários de São Paulo que tinha então 100 mil exemplares, ele fazia questão que sem pensamento chegasse aos trabalhadores.

E nasceu ali uma relação profissional que duraria até sua partida, há 20 anos, com artigos exclusivos não só para este jornal, mas também para a Revista dos Bancários, mensal, também com 100 mil exemplares. Muitos artigos que sairiam depois no Brasil Privatizado saíram ali. O Aloysio foi um grande mestre, intuitivo como todo jornalista precisa ser, mas um cientista. Que juntava “provas” a tudo que ostentava como tese, com uma linguagem acessível. Uma aula de jornalismo econômico. E de esperança em uma economia possível, com capacidade de enfrentar essa desigualdade que o André Singer mencionou. Em duas ocasiões em que o Brasil esteve próximo de engatar uma guinada civilizatória, 1964 e 2015, o poder institucional foi tomado de assalto pelos saudosos do século 19. Ou de antes. Relembrar o Aloysio, seus métodos e sua capacidade de comunicação, é extremamente oportuno para o momento de enfrentamento que vivemos.

Parabéns ao Sergio Alli e a Thais, in memorian, pela iniciativa. Um grande abraço ao Pedro e ao Tonho, amigos por quem tenho carinho imenso, e aos demais companheiros e companheiras que estão nesta conversa da qual lamento imensamente me despedir.

Moacir De Souza José: Jornalismo de dados, interpretação dos números oficiais e conclusões que, na maioria das vezes, contrariavam o discurso oficial. Aloysio foi brilhante!

Pedro Pomar: Boa noite a todas e todos. Viva Aloysio Biondi!

Dal Marcondes: Trabalhei com ele duas vezes. A primeira em 1986 no antigo DCI, na Mooca, onde fu redator em Finanças. Depois sai e voltei a convite dele em 1991 para ser editor da revista Dirigente Industrial.

André Singer: Companheir@s, vou ter que sair. Viva o fio da memória!

Wellington Nogueira Oficial: Obrigado, Antonio! Que maravilha estar aqui neste encontro e ouvir você!

Daniel Fonsêca: Obrigado a todos e todas pelo encontro. Viva Biondi e tudo o que ele representa para os brasis que queremos. Abraço e boa noite

Spensy Pimentel: Parabéns pela iniciativa! Mais do que nunca, faz falta Aloysio, grande inspiração para muitos de nós que nos formamos jornalistas nos anos 90.

Dal Marcondes: Amigos, muito obrigado pela oportunidade de estar aqui com vocês. Essa conversa foi profundamente inspiradora. Há muito a se fazer e o jornalismo do Aloysio Biondi precisa renascer e reassumir o protagonismo necessário para a reconstrução do Brasil.

Aloisio Milani: Pessoal, quero aproveitar aqui o espaço para agradecer ao Sérgio Alli pelo convite. Parabenizar Sergio, Thais e Nanami, inicialmente. Obrigado, Pablo, pelo depoimento. Aqui em casa é hora intensa para os cuidados do pequeno Ravi, 2 anos de muita intensidade (quase biondiana pela enegia boêmia dele). Deixo um abraço gigante para todos. Vou ali ser papai também. Salve, Biondão. (Serjão, te escrevo)

Guido Biondi: Bia, Ângela, Pedro e Antonio, um abraço super especial! Emocionante! Super orgulhoso com essa homenagem! Obrigado a todos! Parabéns!

Marcy Figueiredo: Que momento fortalecedor e inspirador! Obrigada!

Antonio Biondi: Obrigado e parabéns pela homenagem à Thais, Pablo!

Rogério Tomaz Jr.: :D maravilha de encontro!

Juliana Cézar Nunes: Obrigada, pessoal. Brindemos!

Jeanne O. Santos: Lindo debate, lindas homenagens!



A seguir, os links mencionados no debate:

Pedro Biondi: http://pedrobiondi.com.br

Aloisio Milani: https://aloisiomilani.wordpress.com/about/

Terra Redonda Editora: https://www.terraredondaeditora.com.br/

Centro de Documentação Cultural "Alexandre Eulalio" (Cedae): http://www3.iel.unicamp.br/cedae/

Projeto “O Brasil de Aloysio Biondi”: www.aloysiobiondi.com.br

Adauto Santos, LP do acervo do Biondi https://www.youtube.com/watch?v=OCpdTUdZ5d0

http://www.aloysiobiondi.com.br/IMG/jpg/familia_04.jpg

Pra quem quiser ver as fotos que o projeto reuniu, segue o link: http://www.aloysiobiondi.com.br/spip.php?rubrique8


Para comprar o livro "Aloysio Biondi" clique aqui

126 visualizações

Faça parte de
nosso cadastro

Terra Redonda

Rua Gregório Paes de Almeida, 184 - 05450-000 - São Paulo SP

CNPJ 34.305.442/0001-68 

contato@terraredondaeditora.com.br - Telefone (11) 3021-7021

© 2020 Terra Redonda Editora. criado com Wix.com