Timeline

Por Telma Sherer



Vou buscando bombas em todas as palavras para estourar feito milho na panela.

Vou saber da sujeira e das sementes para jogar na cara dos fracos.

Empunhar o momento em chãos de gosma não é fácil. Se saber demanda invento e ampulhetas.

Descubro geografias na mão, antevejo mundos em pés gelados e cansados da lida.

Agir demanda tempo e fogo fátuo.

Nobre como cada nesga em dor que irrompe nos sossegos da manhã, o dia urge. Suado como o sol dos batuques em pedras e calçadas sem nem sombra de algoritmo.

As bombas espocam do suor das falas, das filas sem sossego das notícias.

Encurvo os passos e sorvo um sumo de poeira na ampulheta.


__________

Telma Scherer é poeta e professora, autora de SQUIRT e O SONO DE CRONOS da Terra Redonda Editora.

8 visualizações0 comentário